Futebol

Brasil enfrenta a algoz Austrália para seguir sonho do ouro olímpico



A Seleção Brasileira enfrentará a Austrália, algoz do Mundial de 2015, pelas quartas de final do torneio de futebol feminino dos Jogos Olímpicos. Com a segunda melhor campanha na primeira fase, o Brasil apresenta um bom futebol e a torcida está empolgada com a expectativa que as mulheres conquistem o ouro para o país. Com isso em mente, o técnico Vadão tenta controlar a ansiedade das atletas.

“Todos ficam na ansiedade por ser um jogo eliminatório, mas estamos prontos e até com um astral muito bom. Formiga e Marta, que têm experiência olímpica, estão muito preparadas. Estamos em um ponto em que podemos enfrentar qualquer adversário”, avaliou o comandante.

As adversárias australianas são velhas conhecidas das brasileiras. Na Copa do Mundo de 2015, as atletas do país da Oceania eliminaram o Brasil nas oitavas de final por 1 a 0, com um gol aos 35 minutos do segundo tempo. Ainda assim, a Seleção não quer criar um clima de revanche.

“O que aconteceu no Mundial foi que sofremos um gol no final e não conseguimos reverter. Não existe revanche. Apenas perdemos uma partida que nos custou a classificação. Todo jogo eliminatório tem o seu risco e nós estamos preparados para isso”, avaliou Vadão.

Com a mesma estratégia desde o início da Rio 2016, o único desfalque do Brasil será a Cristiane, que sofreu uma lesão no músculo posterior da coxa direita e deve ser substituída pela Debinha. Apesar da preocupação, a equipe médica vê com otimismo a possibilidade de a atacante participar das próximas fases, em uma possível classificação da Seleção.

 A Austrália não apresenta um grande futebol na competição. Na primeira fase, a seleção foi derrotada pelo Canadá, empatou com a Alemanha e goleou o Zimbábue. Passaram para as quartas de final como as melhores terceiras colocadas.

Autor: Redação Ferreguion

Tecnologia do Blogger.