Atletismo

Brasileiros avançam para as semifinais dos 110m com barreiras



O Brasil segue vivo nos 110m com barreiras. Nesta segunda-feira, João Vitor de Oliveira e Eder Antonio Souza se classificaram para as semifinais da prova e seguem na briga por uma vaga na final da competição, que acontecem nesta terça-feira, a partir das 20h40 (de Brasília), no Estádio Olímpico do Rio de Janeiro, o Engenhão.

Competindo na terceira série das baterias classificatórias, João Vitor de Oliveira terminou o percurso na quarta posição, com o tempo de 13s63, o que representa a melhor marca de sua carreira. O atleta se atirou de propósito na chegada, em uma espécie de peixinho, para chegar na frente dos adversários.

“Na verdade, não treino isso. É algo natural. Se sinto a necessidade fazer, eu faço. Sempre fiz isso e vou continuar fazendo. O que vale é o tronco cruzar a linha de chegada. Então, temos que nos projetar ao máximo. Ralei o joelho, tem que dar o sangue. Estamos nas Olimpíadas. É show, espetáculo”, disse Oliveira ao Sportv.

O outro brasileiro a garantir vaga nas semifinais da prova foi Eder Antonio Souza, que também fez o quarto melhor tempo de sua bateria, ao cruzar a linha de chegada em 13s61 e estabelecer o melhor resultado de sua carreira. O mais rápido entre todas as séries foi o jamaicano Omar McLeod, com o tempo de 13s27. O norte-americano Ronnie Ash e o francês Dimitri Bascou dividiram a segunda melhor marca, com 13s31.

Autor: Redação Ferreguion

Tecnologia do Blogger.