Aquáticos

Federação de Natação diz que água verde não traz problemas aos atletas



A Federação Internacional de Natação publicou um comunicado, em seu site oficial, explicando as motivações para a água do Maria Lenk ter ficado verde, na última terça-feira, antes das provas dos saltos ornamentais, que aconteceram normalmente.

A nota da entidade garante que foram feitas análises, e estas confirmaram que não haviam riscos para os atletas que entrassem na água. “Após análises do Comitê Médico, chegou-se à conclusão de que não haviam riscos para a saúde e para a segurança dos atletas”, diz a nota, que conclui: “Portanto, não havia motivo para parar as competições”.

A Fina confirmou que houve uma alteração no nível de ph da água, gerando a descoloração. Segundo a entidade, produtos químicos, usados no tratamento da água, escorreram dos tanques. Algas também foram tratadas como motivação.

Mesmo com o problema, as provas dos saltos ornamentais, do plataforma de 10m sincronizada, aconteceram normalmente. O ouro foi para a dupla chinesa, formada por Ruolin Chen e Huixia Liu. As brasileiras Ingrid Oliveira e Giovanna Pedroso terminaram em oitavo lugar.

Nesta quarta-feira, partidas do polo aquático masculino também tiveram como palco piscinas com a água esverdeada, causando estranheza nos atletas.

Autor: Redação Ferreguion

Tecnologia do Blogger.