Ginásticas

Holandesa ofusca Biles e vence na trave; Flávia Saraiva termina em quinto



Após três ouros, Simone Biles, enfim, foi superada no Rio 2016. Competindo nesta segunda-feira na final da trave, a norte-americana falhou em seu número e viu Sanne Wevers fazer 15.466 pontos para garantir a medalha de ouro à Holanda. Também dos EUA, Lauren Hernandez ficou com a prata, enquanto a própria Biles fechou o pódio com seu primeiro bronze. Já a brasileira Flávia Saraiva terminou na quinta colocação, igualando Daiane dos Santos outra ginasta a conseguir o quinto lugar em uma final individual olímpica.

Simone Biles começou bem sua prova e vinha confirmando as expectativas de luta por medalha. No entanto, a ginasta norte-americana de apenas 19 anos acabou perdendo o equilíbrio durante seu número logo após uma ótima sequência sobre a trave, fato que tirou bons pontos da atleta, mais ainda a colocou na liderança, com 14.733.

Sanne Wevers entrou em ação logo em seguida de Simone Biles e contou com uma atuação quase perfeita para garantir a melhor pontuação da final. Com sequências que exigiram bastante equilíbrio, a holandesa teve a dificuldade de sua prova reconhecida pelos juízes e com 15.466 se colocou na briga pelo ouro.

Se Simone Biles não conseguiu fazer uma prova perfeita, Lauren Hernandez provou que o país está muito bem servido de ginastas e ameaçou Sanne Wevers, com ótimas sequências que levantaram o público na Arena Olímpica do Rio. Ainda assim, a atuação de Hernandez não conseguiu coloca-la no topo, e com 15.333 assegurou a medalha de prata.

Última da final, Flávia Saraiva cometeu alguns erros durante a difícil prova que realizou. Com apenas 16 anos e disputando sua primeira Olimpíada, a brasileira saiu satisfeita ao pelo menos se classificar para a final e terminou sua participação na trave com a quinta colocação, marcando 14.533 pontos.

Autor: Redação Ferreguion

Tecnologia do Blogger.