Aquáticos

Isaquias agradece apoio da torcida e mira terceiro pódio nos Jogos do Rio



Tendo conquistado sua segunda medalha na canoagem velocidade, Isaquias Queiroz já entra na história como quinto atleta brasileiro a conquistar dois pódios em uma única edição de Jogos Olímpicos. O baiano de Ubaitaba, contudo, não quer parar por aí.

“Estou entrando para o álbum dos melhores atletas do Brasil em Jogos Olímpicos, mas minha luta não acaba, quero as três medalhas, treinei para isso. Todo o Brasil acreditou que eu tinha possibilidade de ganhar três medalhas”, comentou o remador de 22 anos.

Além da prata nos 1000m e do bronze nos 200m da C1, canoa individual, Isaquias também irá competir nos 1000m da K2, prova com dois remadores. “Ontem quando saí na rua não podia nem andar. O pessoal me reconhecia e queria tirar foto. Agora vai ser mais complicado ainda, espero ganhar a terceira medalha e deixar o Brasil feliz”, acrescentou.

Grande esperança de medalhas para o Brasil, o atleta não decepcionou e conquistou a simpatia do público brasileiro. “Ontem vi os torcedores felizes e hoje queria dar mais felicidade a eles. Queria ganhar o ouro, saiu um pouco errado, mas consegui o bronze e fui agradecer a torcida pela homenagem, por ter vindo prestigiar a canoagem”, completou.

As preliminares da prova dos 1000m K2 acontecerão nesta sexta-feira a partir das 9h (de Brasília). Isaquias irá formar dupla com um conterrâneo, Erlon Silva, de Ubatã (BA), canoísta de 25 anos.

Autor: Redação Ferreguion

Tecnologia do Blogger.