Lutas

Antônio Tenório e Wilians Araújo levam a prata no judô



Não foi desta vez que Antônio Tenório conquistou seu quinto ouro paraolímpico. No início da noite deste sábado, o judoca acabou derrotado por ippon diante do sul-coreano Gwanggeun Choi e ficou com a medalha de prata no judô da classe B1 (para pessoas com perda total da visão) até 100kg nos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro.

O brasileiro, que passou à final após uma vitória heroica sobre o uzbeque Shirin Sharipov no último segundo de combate, conquistou sua sexta medalha paraolímpica: ele foi ouro em Atlanta 1996, Sydney 2000, Atenas 2004 e Pequim 2008, e bronze em Londres 2012.

O início da luta pelo ouro foi travado, sem grandes ações das duas partes. No final do primeiro minuto, Tenório sofreu uma punição e saiu em desvantagem. A 3 minutos e 30 do final do duelo, o brasileiro tentou uma técnica de sacrifício, mas sofreu o contra-ataque e o coreano conseguiu um ippon para conquistar o ouro.

Wilians Araújo também é prata

Ainda neste sábado, o Brasil conquistou mais uma prata. Na categoria acima de 100kg, Wilians Silva de Araújo foi derrotado para o uzbeque Adiljan Tuledibaev com apenas dois segundos de luta por ippon. Foi a terceira vez que o Brasil subiu ao segundo lugar mais alto do pódio no judô neste sábado. Mais cedo, Alana Maldonado ficou com a prata na categoria até 70kg.

Autor: Redação Ferreguion

Tecnologia do Blogger.