Paralimpíadas

Atletas brasileiros já treinam nas instalações dos Jogos



A quatro dias de estrearem nos Jogos Paralímpicos Rio 2016, os atletas brasileiros já tiveram o primeiro contato com as instalações onde lutarão por suas medalhas. Neste final de semana, atletas do tênis em cadeira de rodas, do tiro esportivo, do halterofilismo e do voleibol sentado já treinaram nos locais de competição de seus esportes nos Jogos.

No tiro esportivo, os quatro atletas que representarão o país nos Jogos já foram ao Centro Olímpico de Tiro para as primeiras atividades. Carioca, Débora Campos não escondeu a empolgação com a proximidade do início do evento.

“Sinceramente, pensei que fosse estar mais nervosa por competir uma edição dos Jogos Paralímpicos em minha própria casa. Sei que treino é diferente de jogo, mas pensei que fosse estar mais tensa neste momento. É uma sensação gostosa. Estou tentando me sentir em uma competição como outra qualquer e não pensar na grandeza dos Jogos”, disse a atiradora, que foi a primeira do país a garantir sua vaga nos Jogos Rio 2016 no esporte.

No tênis em cadeira de rodas, foram oito atletas a visitar o Centro Olímpico de Tênis. O técnico Leonardo Oliveira está satisfeito com a preparação da equipe, em São Paulo (SP), e espera usar os últimos dias antes da estreia para refinar o jogo dos brasileiros.

“Os dez dias em São Paulo foram muito proveitosos. Aqui no Rio serão feitos pequenos ajustes. Com certeza, dia nove de setembro (data de estreia do masculino no simples) eles vão estar prontos para encarar o desafio”, acredita o treinador da equipe brasileira.

A seleção masculina de voleibol sentado já esteve no Pavilhão 6 do Riocentro, enquanto a equipe de halterofilismo visitou o Pavilhão 2.

Autor: Redação Ferreguion

Tecnologia do Blogger.