Bocha

Brasil vence Coreia do Sul e fatura ouro nas duplas mistas da bocha



O Brasil faturou mais um ouro nos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro. A medalha dourada veio nas duplas mistas da bocha – categoria BC3, para atletas com severas limitações de coordenação nos braços, nas pernas e no tronco – após uma partida dura contra a Coreia do Sul. O placar final conquistado por Antonio Leme, o Tó, Evelyn de Oliveira e Evani Soares (reserva), foi de 5 a 2.

Esta é a primeira medalha de ouro do Brasil na classe BC3. O atleta que detém o maior número de ouros do Brasil na modalidade é Dirceu Pinto, que faturou quatro. Em Londres 2012, o atleta venceu no individual BC4 e nas duplas da categoria, ao lado de Eliseu dos Santos. Em Pequim 2008, Dirceu triunfou nas mesmas classes, também com Eliseu nas duplas. Maciel Sousa Santos, completa os ouros brasileiros, com sua vitória no individual BC2, de Londres.

A partida foi bastante disputada, apesar da vantagem no placar brasileiro. Na primeira parcial, o Brasil começou muito bem a disputa pelo ouro, abrindo fáceis 3 a 0. A equipe sul-coreana diminuiu no segundo período, 3 a 1. No terceiro, continuou pressionando, chegando aos 3 a 2.

Na última parcial, porém, o jogo recebeu tons mais dramáticos. A arbitragem afastou uma das bolas do Brasil, além de punir a equipe por alguns movimentos durante as jogadas, deixando a Coreia com duas chances de recuperar o placar. A torcida no Riocentro vaiava os árbitros, apoiando com força os brasileiros, que retribuíram, fechando a conta em 5 a 2.

Autor: Redação Ferreguion

Tecnologia do Blogger.