Atletismo

Felipe Gomes e Daniel Silva são prata e bronze nos 200m rasos



Felipe Gomes e Daniel Silva faturaram mais duas medalhas para o Brasil nos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro, prata e bronze, respectivamente. O feito aconteceu nesta quinta-feira, na prova dos 200m rasos, classe T11 – destinada aos atletas com deficiência visual grave.

Ao lado do guia Jonas de Lima Silva, Felipe cruzou a linha de chegada em 22s52. Já Daniel completou a prova em 23s04, ao lado de Heitor de Oliveira Sales. O ouro ficou com Ananias Shikongo, da Namíbia, que chegou em 22s44, novo recorde paralímpico na prova.

Esta é a quinta medalha de Felipe Gomes em Paralimpíadas. Na Rio 2016, o brasileiro já havia vencido o ouro no revezamento 4x100m (T11-13), além da prata nos 100m T11. Além disso, o velocista era o campeão olímpico dos 200m rasos, já que faturou em Londres 2012. No evento, também foi bronze nos 100m. Ao lado de Felipe, Daniel também foi ouro no revezamento 4x100m. Na Paralimpíada britânica, o atleta conquistou a prata nos mesmos 200m desta quinta.

No arremesso de peso feminino, categoria T35 – para atletas com coordenação limitada não-cadeirantes, Marivana Oliveira conquistou o bronze. A alagoana arremessou 9m28 nesta quinta-feira, ficando atrás da chinesa Jun Wang, com 13m91, e a ucraniana Mariia Pomazan, 13m59.

Representante brasileira na final dos 5000m, categoria T54 – para atletas cadeirantes – Maria de Fátima Fonseca Chaves ficou na nona colocação geral, ao completar a prova em 12min06s15. A final foi dominada pelos Estados Unidos, com três atletas do país no pódio: Tatyana McFadden, Chelsea McClammer e Amanda McGrory, ouro, prata e bronze, respectivamente.

Medalhista de bronze na prova dos 100m rasos, classe T47 – atletas amputados – Teresinha de Jesus não chegou a largar na primeira fase dos 200m, na mesma categoria. A brasileira sentiu uma lesão na panturrilha direita, nesta quarta-feira, quando desistiu da prova dos 400m.

Autor: Redação Ferreguion

Tecnologia do Blogger.