Atletismo

Petrúcio Ferreira quebra recorde mundial de 24 anos nos 100m rasos



O brasileiro Petrúcio Ferreira estabeleceu a melhor marca da história dos 100m rasos da classe T47. Mesmo aliviando o ritmo nos metros finais da prova deste sábado, ele completou a primeira bateria das eliminatórias dos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro 2016 com o tempo de 10s67, quebrando um recorde mundial que já durava 24 anos.

Antes da manhã deste sábado no Engenhão, a melhor marca da prova pertencia ao nigeriano Adeoye Ajjibola, que correu a 10s72 nos Jogos Paralímpicos de Barcelona 1992. O tempo era também recorde paralímpico da prova, em que o brasileiro agora aparece como favorito a subir ao lugar mais alto do pódio.

“A expectativa era chegar na semifinal para fazer uma boa prova. A pista me ajudou muito, senti a pista veloz, a corrida fluindo naturalmente. Quando acabei a corrida, olhei para o telão e vi meu resultado, ajoelhei e agradeci a Deus”, disse Petrúcio ao Sportv.

A melhor marca do mundo garantiu Petrúcio Ferreira na semifinal dos 100m rasos T47 no Rio de Janeiro 2016, programada para domingo. Ele terá a companhia do compatriota Yohansson Nascimento, que venceu a segunda série eliminatória com a marca de 10s75 e também avançou.

“Nós somos companheiros no revezamento e quero que amanhã seja dobradinha. Não importa se comigo em primeiro e ele em segundo, ou ele em primeiro e eu em segundo. Vai ficar tudo bem”, garantiu  Yohansson Nascimento.

Mais cedo no Engenhão, o Brasil colocou três atletas na semifinal dos 100m rasos da classe T11. Lucas Prado, recordista paralímpico, garantiu a vaga na fase seguinte, mas deixou a pista de cadeira de rodas com uma lesão na coxa direita. Ricardo Costa, ouro no salto em distância, e Felipe Gomes foram os outros classificados.

Já na classe T37, Matheus Evangelista anotou recorde paralímpico ao vencer sua série das eliminatórias dos 100m rasos com 11s47. Na bateria seguinte, o sul-africano Charl du Toit quebrou seu próprio recorde mundial, com 11s42

Autor: Redação Ferreguion

Tecnologia do Blogger.