Atletismo

Verônica Hipólito leva o bronze e Brasil supera total de medalhas de Londres

Medalhista de prata nos 100m rasos da categoria T38, Verônica Hipólito voltou às pistas dos Jogos do Rio 2016 nesta quarta-feira para a prova dos 400m na mesma categoria e conquistou o primeiro pódio brasileiro nesta quarta-feira com a medalha de bronze. Agora, o Brasil chegou ás 44 medalhas e ultrapassou o total dos Jogos de Londres 2012.

Correndo na raia três, a velocista de 20 anos foi bem na largada e se colocou na briga por medalhas. Na última curva, Verônica se colocou entre as três primeiras, mas não aguentou o ritmo e acabou ficando para trás, garantindo a terceira colocação. Brasileira cravou 1min03s14.

A grande campeã foi a britânica Kadeena Cox, terceira colocada na prova dos 100m. Velocista fez tempo de 1min00s071 e bateu o recorde mundial da prova. Chinesa Junfei Chen ficou com a medalha de prata.

Na final dos 100m, a brasileira (12s88) ficou atrás apenas da britânica Sophie Hahn, que bateu o recorde paraolímpico da prova com 12s62. Hahn não disputou a decisão desta quarta.



Bronze de Verônica foi o 13º conquistado pela delegação brasileira. País também tem dez medalhas de ouro e 21 de prata. Mesmo superando os 43 pódios de Londres 2012, o Brasil ainda está longe do retrospecto em números de ouros, já que na última Paralimpíadas foram 21.

Manhã de quarta teve final do arremesso de peso e nova medalha garantida
Quem também garantiu uma medalha para o atletismo brasileiro nesta quarta foi a prova dos 200m rasos T11 masculino. Felipe Gomes, com 22s50, e Daniel Silva, 23s01, fizeram o segundo e terceiro melhor tempo, respectivamente, e disputarão a final da prova nesta noite. Como apenas quatro competidores correm por vez na T11 – devido à presença dos guias nas raias – o Brasil já tem, pelo menos, caso não sofra com desclassificações, um bronze garantido na categoria.

Bronze no arremesso de disco, Izabela Campos não foi tão bem no arremesso de peso F12 e terminou na 11ª colocação, alcançando 10,11m. Assunta Legnante, da Itália, levou o ouro (15,74m), com Safiya Burkhanova, Uzbequistão, na segunda colocação (15,05m) e Rebeca Valenzuela Alvarez, do México, na terceira (13,05).

Na semifinal dos 5.000m T54, Maria de Fática Fonseca completou a prova em 12min08s52 e garantiu uma vaga na final da prova com o décimo melhor tempo. 12ª colocada (12min16s03), Aline Rocha ficou de fora da decisão.

Ouro com o revezamento 4×100 T11-13, Diogo Ualisson queimou sua largada na semi dos 100m rasos T12 e perdeu a chance de medalha na prova. Finais do atletismo começam a partir das 17h48 (de Brasília).

Autor: Redação Ferreguion

Tecnologia do Blogger.